Perguntas Frequentes

1. Tenho viatura com matrícula estrangeira e passei na Via Verde. Como regularizo? E se já não estiver em Portugal?

Para regularizar a situação, de forma rápida e cómoda, aceda ao portal www.pagamentodeportagens.pt para obter os dados para pagamento das passagens realizadas. Pode ainda contactar-nos através do e-mail contacto@pagamentodeportagens.pt.

2. Recebi uma nota de pagamento que diz que posso pagar por cheque ou vale postal. Há outras formas de pagamento?

Poderá solicitar o nosso IBAN para efetuar transferência bancária através do endereço de e-mail clientes@aeatlantico.pt devendo identificar o número do documento ou processo que pretende regularizar.

3. Retirei título na entrada para a autoestrada e por engano saí pela Via Verde.

Além das opções em 1) poderá também deslocar-se presencialmente a uma loja da Via Verde 15 dias após a data da passagem.

4. Tenho uma viatura com Via Verde que está na oficina. A viatura de substituição não tem Via Verde. Por lapso entrei e saí pela Via Verde. O que posso fazer?

Para regularizar a situação, de forma rápida e cómoda, aceda ao portal www.pagamentodeportagens.pt para obter os dados para pagamento das passagens realizadas. Pode ainda contactar-nos através do e-mail contacto@pagamentodeportagens.pt ou deslocar-se presencialmente a uma loja da Via Verde 15 dias após a data da passagem.

5. Por lapso entrei pela Via Verde mas não sou aderente. Qual é a diferença ao sair numa via manual ou pela Via Verde?

Se saiu na Via Verde, deverá regularizar a situação, de forma rápida e cómoda, através do portal www.pagamentodeportagens.pt. Se saiu na via manual, deverá enviar uma exposição para a AEA por e-mail (clientes@aeatlantico.pt), carta ou fax identificando os percursos efetuados (portagens de entrada e saída na autoestrada), data e hora aproximada da passagem, matrícula da viatura utilizada e número de documento emitido na barreira de portagem de saída (caso exista). Deverá indicar e-mail e morada completa para correspondência.

6. Um veículo avariou, o motorista conseguiu sair para a área de serviço, onde se procedeu a reparação da viatura, mas a validade do título expirou. O que se pode fazer?

Enviar exposição para a AEA por e-mail (clientes@aeatlantico.pt) com pequena descrição da situação e comprovativo da assistência à viatura. Também poderá fazer por carta ou fax. Em qualquer situação deverá indicar sempre o NIF e morada completa para correspondência e dados da fatura emitida na portagem.

7. Tenho uma viatura que é classificada de forma diferente na AEA ou na Brisa. O que posso fazer?

Deverá efetuar pedido de aferição à concessionária Brisa para determinar a classe da viatura.

Caso se confirme que a viatura é da classe 1, ser-lhe-á emitida uma credencial válida em todas as barreiras de portagem AEA e Brisa

8. Retirei o título na Tornada, mas em Leiria passei pela Via Verde. Já estou no Porto. Posso efectuar o pagamento à distância? De que forma?

Para regularizar a situação, de forma rápida e cómoda, aceda ao portal www.pagamentodeportagens.pt para obter os dados para pagamento das passagens realizadas. Pode ainda contactar-nos através do email contacto@pagamentodeportagens.pt ou deslocar-se presencialmente a uma loja da Via Verde 15 dias após a data da passagem.

9. Sou turista de visita a Portugal. Vou entregar o carro de aluguer para regressar ao meu país, mas estou muito preocupado porque passei pela Via Verde. O que posso fazer?

Para regularizar a situação, de forma rápida e cómoda, aceda ao portal www.pagamentodeportagens.pt para obter os dados para pagamento das passagens realizadas.Pode ainda contactar-nos através do email contacto@pagamentodeportagens.pt ou deslocar-se presencialmente a uma loja da Via Verde 15 dias após a data da passagem.

10. Passei na Via Verde mas tenho título que retirei na entrada da AE. O que faço?

Para regularizar a situação, de forma rápida e cómoda, aceda ao portal www.pagamentodeportagens.pt para obter os dados para pagamento das passagens realizadas. Pode ainda contactar-nos através do e-mail contacto@pagamentodeportagens.pt ou deslocar-se presencialmente a uma loja da Via Verde 15 dias após a data da passagem.

11. Estou junto a uma máquina de pagamento automático (eToll) mas a máquina não me deu o troco devido. O que tenho de fazer?

Deverá pressionar no botão de informações disponível na máquina e falar com o colaborador da AEA que lhe prestará todas as informações necessárias.

12. Onde posso pagar uma fatura? Qual o prazo limite para o pagamento?

Por referência multibanco, ou solicitando o IBAN por e-mail para clientes@aeatlantico.pt identificando o documento a regularizar. Poderá pagar a fatura no prazo de oito dias após a data de emissão da fatura. Como alternativa poderá utilizar o vale postal ou cheque para a morada que consta na fatura com indicação do documento que pretende regularizar.

13. Estou numa portagem à porta do edifício e ninguém responde. O que fazer?

Caso não esteja ninguém no edifico da portagem poderá contactar o nosso Centro Operacional de Portagens através do intercomunicador situado junto à porta de acesso.

14. Tenho uma fatura mas não consigo pagar com a referência MB indicada. O que devo fazer?

Poderá enviar e-mail para clientes@aeatlantico.pt e solicitar o IBAN para efetuar uma transferência bancária identificando a fatura que pretende regularizar.

15. Tenho Via Verde na minha viatura. Posso rebocar um atrelado e passar pela Via Verde? E se o atrelado tiver matricula própria?

Caso a viatura seja da classe 1 poderá passar na Via Verde com atrelado.

Caso contrário, o atrelado aumenta a classe da viatura que fica diferente da autorizada a passar na Via Verde pelo que deverá passar na via manual.

16. Tenho duas viaturas, mas só uma tem identificador. Vou de viagem mas a viatura que tem identificador avariou. Posso trocar o identificador?

Para identificadores “antigos”, pode alterar matrícula associada ao identificador de Via Verde desde que seja de classe igual.

Para identificadores da nova geração poderá alterar matrícula mesmo para viaturas de classe diferente. Nestas situações deverá deslocar-se presencialmente a uma loja da Via Verde com o identificador para que seja feita a personalização do equipamento.

17. Quanto tempo demora a chegar a casa o cheque de reembolso do troco? Tem mesmo de ser por cheque?

O reembolso será mais rápido se comunicar à AEA por e-mail o IBAN para o qual deverá ser feita a transferência bancária.

18. Devo pagar a Fatura correspondente a uma guia de reembolso ou devo aguardar pelo contacto da empresa?

Só deverá pagar a fatura se o valor retido for inferior ao da fatura. Caso contrário, deverá enviar o IBAN por e-mail para a AEA e receberá o recibo e a transferência bancária referente ao troco.

19. Porque é que aqui o meu veículo é classe 2 e na Via Verde é classe 1?

O benefício de desconto de monovolumes apenas é aplicado às passagens efetuadas com identificador na Via Verde.

20. Porque é que os recibos de portagem não têm NIF do cliente?

A 28 de Março de 2013, o despacho 138/2013 – XIX de 28/03/2013 da Autoridade Tributária equiparou os talões de portagem a faturas. Este despacho é suficiente para conferir ao talão de portagem o mesmo valor legal que uma fatura simplificada, pelo que, o talão de portagem que lhe foi entregue deve ser considerado para todos os efeitos fiscais como “fatura simplificada”, nomeadamente ao nível da dedutibilidade fiscal do custo em sede de IRS/IRC como do exercício ao direito à dedução do IVA se tal lhe for permitido.

21. Onde posso obter uma credencial de classe 1 e quanto custa?

Deverá efetuar pedido de aferição à concessionária Brisa para determinar a classe da viatura.

Caso se confirme que a viatura é da classe 1, ser-lhe-á emitida uma credencial válida em todas as barreiras de portagem AEA e Brisa.

22. Sou cliente Via Verde mas estou com uma viatura sem ID. Quando entrei na autoestrada não retirei título. O que devo fazer? Sair pela Via Verde ou numa via manual / etoll?

Se sair na Via Verde, deverá consultar o Portal de Pagamentos www.pagamento deportagens.pt . Se sair na via manual, enviar exposição para a AEA por e-mail (clientes@aeatlantico.pt) identificando os percursos efetuados (portagem de entrada e saída na autoestrada), data e hora aproximada da passagem, matrícula da viatura utilizada e número de documento emitido na barreira de portagem de saída (caso exista). Deverá indicar e-mail e morada completa para correspondência. Também poderá utilizar carta ou fax.

23. A minha viatura avariou a meio da autoestrada. Saí pela portagem em cima do reboque. Tenho que fazer o pagamento? O que eu faço ao título? Como tenho Via Verde, irá ser-me cobrado o valor da portagem?

Se viatura tem Identificador de Via Verde, confirmar no Extrato/Recibo se a saída na Via Verde em cima do reboque ficou registada. Caso se confirme, contactar a Via Verde para solicitar devolução. Se a saída do reboque for numa via manual, deverá enviar uma exposição para a AEA por carta encaminhando o título original e dados da passagem e da viatura.


Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Saber Mais